Santo do Dia - 05 de março

São Longuinho




São Longinho viveu no primeiro século, foi contemporâneo de Jesus Cristo e, de acordo com os raríssimos relatos a respeito da vida deste santo, dizem tratar-se do centurião na Crucificação, que reconheceu Cristo como "o filho de Deus" (27:54 Matheus; Marcos 15:39; Lucas 23:47). Este centurião é identificado também como o soldado que "perfurou Jesus com uma lança" (João 19:34), provavelmente pelo fato do nome ser derivado do grego e significar "uma lança".

Conta-se que os crucificados tinham seus pés quebrados a fim de facilitar a retirada da cruz, mas quando chegou a vez de Jesus, o mesmo já estava com os pés soltos, e assim, ao invés de quebrar seus pés, um dos soldados perfurou o lado do seu corpo com uma lança. A água que saiu do lado de Jesus teria respingado em seus olhos, curando-o instantaneamente de uma grave doença nos olhos. Conseqüentemente, o soldado se converteu e, ao abandonar para sempre o exército e sua moradia, transformou-se num monge a percorrer a Cesarea e a Capadócia, atual Turquia.

São Longuinho foi preso e torturado por causa de sua fé cristã, tendo seus dentes arrancados e sua língua cortada. Comumente invocado para encontrar objetos perdidos, no Leste Europeu sua festa é comemorada em 16 de Outubro. No Brasil e Espanha, a comemoração ocorre no dia 15 de Março.






São Domingos Sávio


Nasceu Sávio perto de Turim, na Itália, em 1842; estudou na aldeia e mais tarde foi um dos primeiro a ser acolhido por Dom Bosco no seu Oratório. Estes centros de santificação dos jovens eram um lugar nos arredores de Turim onde assistiam os jovens como escola do primeiro grau; orientação profissional; trabalho e tudo proporcionando o crescimento espiritual e salvação das almas.

São Domingo Sávio era um jovem comum, mas que interiorizou tão bem a espiritualidade salesiana no seu dia-a-dia que sua alegria de menino nunca desapareceu, apenas foi purificada de todo e qualquer pecado. O Santo de hoje amava demais a Eucaristia, e sua mãe Nossa Senhora; tinha como um dos lemas por ele vivido.

"Antes morrer, do que pecar!"
Domingos Sávio interiormente amadureceu muito com a vida e sofrimentos que enfrentou no secreto, isto até pegar uma grave doença e com apenas 15 anos entrar para o Céu em 1857.



São José da Cruz


Nasceu na cidade de Ísquia, nas proximidades de Nápoles, em 1625. Seu nome de batismo era Caitano. Ingressou na Ordem dos franciscanos. Foi um homem sagaz, austero, sábio nos julgamentos, intransigente consigo mesmo e admirador de São Francisco, procurando encarnar em si o exemplo de vida evangélica do Pobrezinho de Assis. Em 1671 foi enviado ao Piemonte, para fundar o primeiro convento da Ordem. Tornou-se mestre de noviços e mais tarde provincial e geral da Ordem Franciscana. Levou vida austera, despojada de tudo. A mobília de seu quarto consistia em um crucifixo, numa imagem de Nossa Senhora, um breviário e um leito duríssimo, composto de dois pedaços de couro e um cobera de lã. Possuía apenas um hábito de pano grosseiro, que usou por 65 anos, até sua morte. Devotou aos pobres ternura e amor, socorrendo-os em suas necessidades. Morreu em 1737, com 84 anos de idade.

Inscreva-se em nosso canal e veja nossos vídeos