Santo do Dia - 22 de junho

Santos João Fischer eTomás More



São dois mártires da Reforma na Inglaterra. Aconteceu que o rei Henrique VII, no ano de 1530 quis a dissolubilidade do seu matrimônio, e por não consiguir isto da Igreja Católica, o rei irado publicou um Ato de Supremacia que o proclamava chefe temporal da Igreja na Inglaterra, isto de maneira ilícita.
São João Fischer, nasceu no ano de 1469, e era um arcebispo de Rochester. Fischer denunciou, como um João Batista, todo o erro do rei, por isto João Fischer foi muitas vezes preso até condenado a morte, isto no ano 1535.
Passados quinze dias após o martírio de Fisher, o companheiro Tomás More, nascido em Londres em 1477, , demitiu-se do cargo pois não queria trair a consciência com o voto a favor do Ato de Supremacia, por isto não tardou em ser preso. Sua esposa o visitou na cadeia e chegou a pedir-lhe que usasse da saída de negar apenas externamente fé para conservar a vida, mas Santo Tomás Mores aceitou a decapitação depois dizer palavras que bem unificam o testemunho destes dois homens que não venderam a alma: "Sede minhas testemunhas de que eu morro na fé e pela fé da Igreja Católica, e morro fiel servidor de Deus e do rei. Rogai a Deus afim de que ilumine o rei e o aconselhe"


Fonte: Canção Nova

Inscreva-se em nosso canal e veja nossos vídeos