Santo do dia - 07 de julho

Santo Adriano



Aconteceu que no início do século IV durante a perseguição do imperador de Diocleciano, Santo Adriano, estava como chefe dos guardas do imperador, assistindo a injusta condenação de 22 valentes cristãos, ele gritou:

"Acrescentai também o meu nome a estes heróis mártires, pois também eu me declaro cristão".

Lançado na cadeia com outros, Santo Adriano, recebeu total apoio de sua cristã esposa Natália, principalmente depois de ser batizado pelos irmãos. Ao saber do seu processo, Adriano foi liberado para avisar a esposa em casa, mas esta pensando que ele teria comprado a liberdade com a apostasia, somente abriu as portas depois de certificar-se da fidelidade do esposo ao Cristo. O amor dos dois era tanto para com Jesus, como casal, que Natália preferia a morte do que ser dada pelo imperador a algum general; e isto aconteceu, pois depois que Adriano foi queimado vivo juntamente com os outros 22 mártires, Natália fugindo de um casamento não aguentou o cansaço e fome da caminhada de forma a ter uma visão de Adriano que na glória vinha buscar-lhe.


fonte: Canção nova

Inscreva-se em nosso canal e veja nossos vídeos