Santo do dia - 25 de julho

São Cristovão



Cristovão significa "portador de Cristo".
Nascido na Palestina e feito mártir no ano de 250 na Lícia, cresceu Cristovão no meio pagão e devido a vantajosa altura e força entregou-se ao serviço militar com um detalhe: somente serviria o soberano mais poderoso. Nas suas buscas do maior, mudou de muitos donos, quando se deparou e passou a servir um rei que era considerado o maior, contudo o abandonou pois este temia a um tal Satanás; e foi aí que ele encontrou o Maior de todos, Jesus.
Quando Cristovão procurou servir ao senhor foi instruído por um cristão eremita, que indicou-lhe o caminho da fé. Cristovão vendo toda sua dificuldade para este tipo de prática, abraçou o conselho de servir um povo pela caridade, já que agradecidos rezariam por ele. O serviço era concreto, pois teria de usar toda sua altura e fortaleza para atravessar as pessoas de uma margem a outra, e isto fazia com facilidade, quando de repente tomou nos ombros um leve menino o qual começou a pesar tanto que precisou apoiar-se num cajado para atravessá-lo. A partir deste fato mudou seu nome para Cristovão, pois ao suspirar quanto ao peso que parecia o Mundo, ouviu do menino sorridente: " Muito mais do que o mundo inteiro: tu carregaste o Senhor do Mundo. Sou Jesus a quem tu serves ".

Fonte: Canção Nova


São Tiago Maior



Pescador que foi escolhido por Jesus para pescar homens, era filho de Zebedeu e Salomé e tinha como irmão o apóstolo São João Evangelista.
Quando olhamos com atenção para o Evangelho, podemos perceber que Jesus possuía dentre os apóstolos aqueles escolhidos como testemunhas de acontecimentos especiais em sua vida. São Tiago presenciou vários deles , pois o encontramos na ressurreição da filha de Jairo, na Transfiguração e no Horto das Oliveira ao lado de São Pedro e São João.
São Tiago Maior ao acolher o chamado do Cristo, aceitou também entrar num sério processo de santificação, pois nem sempre sabia reagir pelo Espírito Santo à dureza de coração dos que não se abriam ao Evangelho: " Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: 'Senhor, queres que digamos que o fogo caia do céu e os consuma ?'. Mas Jesus, voltando-se, os repreendeu" ( Lc 9,54). Foi Martirizado por Herodes no ano de 42.

Fonte: Canção Nova

Inscreva-se em nosso canal e veja nossos vídeos