Santo do dia - 15 de Setembro

Nossa Senhora das Dores



Na sexta-feira da paixão Maria Santíssima voltou a se encontrar com Jesus, seu filho. Foi um encontro triste e muito doloroso, pois Jesus havia sido açoitado, torturado e exposto à humilhação pública. Coroado de espinhos, Jesus arrastava até ao Calvário a própria crum com que seria crucificado. Maria se transforma puramente em dor. Perde as forças e cai por terra, vergada pela dor e pelo sofrimento de ver Jesus, Nosso Senhor, seu FIlho, prestes a morrer suspenso na cruz. Recobrando os sentidos, reúne todas as suas forças, acompanha o filho e permanece ao pé da cruz até o fim. Inicialmente esta festa foi celebrada com o título de Nossa Senhora da Piedade e A Compaixão de Nossa Senhora. Depois, Bento XIII (1724-1730) promulgou a festa com o título de Nossa Senhora das Dores.


Fonte: Católico.org.br

Inscreva-se em nosso canal e veja nossos vídeos