Santo do dia - 20 de Setembro

Mártires da Coréia



Um grupo de letrados Coreanos leu o livro do missionário Mateus Ricci com o título"O verdadeiro sentido de Deus" e se interessaram pelo Cristianismo. Eles tiveram a iniciativa de encarregar o filho do embaixador coreano na China, na busca das riquezas de Jesus Cristo. Yi Sung-Hun dirigiu-se ao bispo de Pequim que o catequizou e batizou-se, E a partir desta atitude cmeçou a entrar no País os ensinamentos de Cristo. Começaram a Evangelizar com sucesso em suas terras.
Ele pediam a presença de Padres ao Bispo, mas as dificuldades da época dificultavam o envio de homens ao País. trinta anos depois, muito já tinham sido martirizados juntamente com os 103 mártires, dentre estes; André Kim, o primeiro padre coreano morto em 1845; dez clérigos e 92 leigos.
Alguns testemunhos ainda ficaram, como este:"Dado que o Senhor do céu é o Pai de toda a humanidade e o Senhor de toda a criação, como podeis pedir-me para o trair? Se neste mundo aquele que trair o pai ou a mãe não é perdoado, com maior razão, não posso nunca, trair aquele que é o Pai de todos nós!" (Teresa Kwon).
Foram canonizados pelo Papa João Paulo II, na sua visita a Seul em maio de 1984.

Fonte: Canção Nova

Inscreva-se em nosso canal e veja nossos vídeos