Santo do Dia - 14 de Outubro

São Calisto



Filho de uma pobre família romana, nasceu em 160. Calisto teve sofreu duras penas, chegou a ser flagelado e deportado para a ilha Sardenha, onde como condenação enfrentou trabalhos forçados nas minas, juntamente com cristãos condenados por motivos de fé.
Com a convivência com os cristãos que enfrentavam o martírio, pois o cristianismo era considerado Religião ilegal, Calisto decidiu seguir Jesus. Mais tarde muitos cristãos foram resgatados do exílio e a comunidade cristã libertou Calisto.
Ele colaborou com o Papa Vítor e depois, como Diácono, ajudou o Papa Zeferino em Roma.
Com a morte do Papa Zeferino, clero e povo elegeram Calisto para sucessor do Papa, apesar de ter tido origem escrava.
Contra Calisto levantou-se o culto Hipólito, tornando-se o primeiro antipapa, mas felizmente se reconciliou com a Igreja e morreu mártir, quando acabou condenado ao exílio.
Durante os seis anos de pastoreio zeloso e santo, São Calisto I condenou a doutrina que afirmava contra a Santíssima Trindade, Deus ser somente Pai eterno.



Fonte: canção nova







Enviar por e-mail Imprimir

Inscreva-se em nosso canal e veja nossos vídeos