História e oração de São Tarcísio

Por volta do Ano 258 vivia em Roma um menino chamado Tarcísio. Era coroinha e ajudava o Sacerdote na Santa Missa. Certo dia, o sacerdote procurava alguém de confiança para levar a Santa Comunhão aos encarcerados. Tarcísio ofereceu-se. Mas o sacerdote disse que ele ainda era muito novo para tal missão. O menino insistiu e se defendeu dizendo que por ser pequeno não levantaria suspeitas e que conseguiria chegar até os cristãos encarcerados. E que ele defenderia as hóstias com a sua própria vida, não permitindo que caíssem nas mãos dos pagãos.


O sacerdote  admirado com seu argumento, colocou algumas hóstias sobre uma toalha de linho branco, dobrando-a cuidadosamente e o entregou.

Recebeu ele as Santas Hóstias com grande respeito e segurando-as sobre o seu peito, as cobriu com as mãos, cuidadosamente.
História e oração de São Tarcísio


Andava assim pelas ruas indo ao local designado,para fazer chegar aos cristãos presos por sua fé a Santa Eucaristia.  quando de repente, outros meninos começaram a implicar com ele.  um deles pegou-lhe pelo braço e quis saber onde estava indo. Tarcísio resistiu. Entretanto, perceberam que ele segurava algo contra o peito. Curiosos perguntaram-lhe o que era. Não atendendo às suas exigências, tentaram arrancar dele.
O tumulto começou a chamar a atenção de outras pessoas , que ao invés de ajudarem o pequenino começaram a acusá-lo de estar carregando símbolos cristãos escondidos.  Eles  espancaram e maltrataram Tarcísio sem piedade. Exausto e quase morto, segurava as Santas Hóstias com força, uma força sobrenatural. Neste instante, passou um soldado,  que era também cristão. Percebeu o que se passava. Ele dispersou os agressores e tomou Tarcísio sobre seus braços e levou-o ao sacerdote.

No caminho, morreu nos braços do soldado. O sacerdote Chorou bastante pela maldade que fizeram com o pequenino e emocionado pela sua coragem de não permitir que as hóstias caíssem nas mãos daqueles que não acreditavam em cristo.



“Ó meu Jesus, ninguém vos tirará do meu coração”.

O Dia 15 de agosto é consagrado a sua memória.
É considerado o Padroeiro dos coroinhas e dos operários que sofrem perseguiçoes por sua fé.



Oração de São Tarcísio


“São Tarcísio, nosso padroeiro! Ajudai-nos a consagrar nossa vida a Deus. Ensinai-nos a servir Cristo e ao próximo, com firmeza, alegria, fé e dedicação. Pede por nós, ó São Tarcísio! Concede-nos saúde, vontade de viver e coragem para perseverar. Dá-nos disposição de viver como amigos e irmãos. São Tarcísio, coroinha-mártir, desperta em nós um grande amor a Cristo na Eucaristia. Fortalece nossa união e inspira nossos serviços à comunidade”.


Inscreva-se em nosso canal e veja nossos vídeos